Social Icons

31 de janeiro de 2012

Resenha #9 - Becky Bloom: Delírios de Consumo na 5ª Avenida - Sophie Kinsella


BECKY BLOOM: DELÍRIOS DE CONSUMO NA 5ª AVENIDA

Autor: Sophie Kinsella
Título original: Shopaholic Abroad
Tradutor: Alves Calado
Edição: 11. ed.
Editora: Record
Data: 2010
Número de páginas: 464 p.
ISBN: 9788501064387

SINOPSE
Becky Bloom está de volta. E com um cartão de crédito pronto para a ação. É assim que ela encara Nova York, para onde se muda para acompanhar Luke, seu namorado, que troca a Inglaterra por um emprego nos Estados Unidos. A meca mundial do consumo parece um jardim do éden para essa compradora compulsiva. Mas quando começam a chegar suas faturas de cartão de crédito, o paraíso acaba se transformando numa verdadeira sucursal do inferno na Terra.
Um romance hilariante que chegou às principais listas de mais vendidos da Inglaterra. E com o qual todas as mulheres acabam se identificando.

COMENTÁRIOS
Em Delírios de Consumo na 5ª Avenida a querida Becky Bloom está mais frenética do que nunca. Afinal, vai para Nova York, o paraíso da moda, vitrines e liquidações. Claro que seu dilema já começa na organização das malas, o que levar? Aliás, será que ela precisa levar algo ou é melhor comprar tudo novo?

"Honestamente, pagar aquelas dívidas foi a sensação mais maravilhosa e empolgante do mundo. Isso aconteceu há alguns meses – mais ainda viajo quando penso nisso. Não há nada melhor do que estar com as dívidas absolutamente pagas, há?." p. 26

Será que Becky finalmente criou juízo e vai se comportar como uma pessoa equilibrada? Bem, talvez não tanto assim...

"Eu entrei um pouquinho no cheque especial. Mas o único motivo é que recentemente venho olhando as coisas a longo prazo, e investindo pesado na minha carreira. (...) As pessoas que querem ganhar um milhão, primeiro pegam emprestado um milhão." p.27

Tudo parece perfeito, morar em uma cidade linda, com o namorado dos sonhos, começar uma nova carreira e com a perspectiva de um emprego incrível onde vai ganhar muito dinheiro. Nada podia dar errado, certo? A mudança traz novas oportunidades sim, mas também muitos desafios que nossa protagonista não esperava. Como a simpática bruxa mãe do Luke.

 "Fiquei realmente satisfeita comigo de manhã. Mas agora, enquanto Elinor me examina, de repente percebo que uma das minhas unhas está ligeiramente lascada, e que o sapato tem uma mancha minúscula na lateral – e, ah, meu Deus, isso é um fio que está pendurado na frente da minha saia?” p. 263

Diariamente ela está exposta a anúncios, vitrines e até conversas que estimulam os gastos. É constantemente tentada e na maioria das vezes perde a batalha contra a compulsão. O relacionamento passa por uma crise inesperada e claro que é mais um motivo para compras.

"Era uma conta vermelha. Para ser honesta, têm chegado um bocado de contas vermelhas para mim nos últimos dias, e eu pretendo totalmente pagá-las quando tiver o dinheiro. Mas simplesmente não consigo ficar abalada." p. 169

Como pode-se imaginar Becky vai passar por uma série de reviravoltas até se aprumar novamente e perceber em que situação se encontra.

"Eu não fazia idéia de que não era real. Acreditei em cada momento." p. 324

Claro que continuo me irritando com algumas atitudes da Dona Becky, mas acho que ela existe para isso mesmo, mostrar o que não fazer! Gosto muito da forma como ela tem o apoio dos amigos mesmo nos momentos mais complicados e acredito que essa é uma lição fundamental.

O crescimento da personagem enquanto pessoa é sentido a cada página do livro e acredito ser uma constante na série, estou ansiosa para ler a continuação. É um livro divertido, leve e garantia de risadas. Imperdível para quem gosta de chick-lit e não perde um livro da Sophie Kinsela.

- A série é composta por seis livros e todos terão resenhas no blog:
Becky Bloom: delírios de consumo na 5ª avenida
A Lista de casamento de Becky Bloom
A irmã de Becky Bloom
O Chá-de-bebê de Becky Bloom
Mini Becky Bloom

7 comentários:

  1. Me identifico com ela pq sou a Becky Bloom dos livros, se me deixar eu compro o mundo em livros...rsrsrs

    Gostei muito dos seus comentários, ainda não li os livros da Sophie Kinsella, só assisti ao filme e adorei, estou esperando uma graninha pra comprar a coleção toda.Adoro séries, mas fico agoniada para ler um livro após o outro. Seu jeitinho de falar do livro foi bem interessante, chamando atenção para os tópicos necessários, sem spoiller.


    Beijão.
    Viviane
    Razão e Resenhas

    http://vivianeblood.blogspot.com/2012/01/entrevista-ruta-sepetys-vida-em-tons-de.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vivi!
      Faço o possível para deixar interessante, sem contar nada importante para a trama. Mas que a mãe do Luke é uma bruxa ela é... rs

      Excluir
  2. Eu preciso ler esse livro *-* A Becky é super divertida e eu quero continuar rindo das loucuras dela \o/ hahahah

    Beijos,
    Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  3. Olá! Está rolando uma promoção bem legal lá no blog. Confere lá: http://laisdoce.blogspot.com/2012/01/promocao.html

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga desculpa pela demora estava doentinha, sinceramente acho a becky bloom excelente, apesar de somente ver o filme, mas passou a impressão de ter um ritmo alucinado e bem humorada.
    Com certeza essa coleção está nas minhas futuras comprinhas.

    Me identifico com ela na minha compulsão pelos livros kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Estava doente Paty? Espero que esteja melhor...
    A Becky é muito divertida e quem viu o filme vai identificar algumas situações no livro, já que este é parte da inspiração para a produção cinematrográfica. Mas isso não atrapalha em nada. Eu tb me sinto meio Becky as vezes, quando enlouqueço pelos livros, mas sempre procuro me manter dentro do que posso gastar e principalmente pagar... rsrs.
    Bjkas!!

    ResponderExcluir

myfreecopyright.com registered & protected
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog sem a autorização da autora.